Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sensualista

Defensora do deleite. Crente no prazer do toque da pele. Nos mapas dos corpos por Descobrir.

Sensualista

Defensora do deleite. Crente no prazer do toque da pele. Nos mapas dos corpos por Descobrir.

Divagar...

por sensualista, em 10.07.18

 

Screenshot_2018-07-10-10-01-27-1.png

É imperativo abrir a porta da fantasia.

Liberdade.

Não é preciso interpretar o sexo, há apenas que gozá-lo. 

Sentir que o sexo não se confina à simples e natural penetração. Cada centímetro de pele participa, percebe e reage; a boca e as mãos, os olhos, o umbigo e os músculos, os seios e os glúteos formam novos relevos em que a sensibilidade proporciona sensações infinitas.

Partir à descoberta dos recantos desse território significa sobrevoar novas experiências. Submergir dos mistérios do prazer e da ternura; ultrapassar as formas conhecidas do sexo respondendo à chamada interior do desejo; percorrer sem vergonha os enigmas da sedução.

Satisfazer a vontade...

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D